Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

Abandono total: Trabalhadores do CDD Bonsucesso são despejados por falta de pagamento do aluguel

Notícia publicada dia 18/10/2020

Tamanho Fonte:

Na manhã desta sexta-feira, dia 16/10, os trabalhadores do CDD Bonsucesso foram surpreendidos quando chegaram na unidade com a notificação de ordem de despejo e sua transferência às pressas para o complexo de Benfica.

O SINTECT-RJ vem denunciando o descaso da gestão dos Correios com os trabalhadores no estado do Rio de Janeiro há anos, mas a direção da ECT finge que nada está acontecendo. Conforme denunciado em 2017 pelos trabalhadores do CDD Bonsucesso, que decretaram estado de greve na unidade devido à falta de condições de trabalho. Os diretores do SINTECT-RJ Rosemeri Leodoro e Paulo Cesar Silva estiveram no local denunciando, apoiando e mobilizando os trabalhadores.

As denúncias de más condições de trabalho são constantes em grande maioria dos setores de trabalho. Chegando ao ponto de várias greves pontuais terem sido realizadas por conta do abandono.

No caso do CDD Bonsucesso, a irresponsabilidade da gestão da ECT é algo surreal, chegaram ao ponto de não pagarem o aluguel e deixarem os trabalhadores sem local adequado para realizar suas atividades e a população prejudicada.

Segundo informações apuradas, o processo de despejo foi aberto em agosto e finalizado na última quarta-feira com a Ordem Judicial de Despejo para o dia 19/10/2020.

No sábado, dia 17, a unidade já se encontrava praticamente vazia, e os trabalhadores desolados por terem sido pegos de surpresa, nem mesmo os companheiros que se encontram em trabalho remoto foram comunicados de irem à unidade retirar seus pertences nos armários.

O governo Bolsonaro e direção dos Correios na figura do general Floriano Peixoto, praticam um crime contra a nação brasileira, com o desmonte da maior empresa do Brasil.

O SINTECT-RJ estará acionando o departamento jurídico para adotar as medidas cabíveis para garantir os direitos e condições de trabalho adequadas aos trabalhadores que serão deslocados para o complexo Benfica.

Compartilhe agora com seus amigos