Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

Privatizar é ilegal e prejudicial | Mais um partido reforça a ação pela inconstitucionalidade da venda dos Correios

Notícia publicada dia 30/07/2021 18:00

Tamanho Fonte:

Como os demais partidos, o PSB encaminhou o pedido de participação como amicus curiae à Ministra Cármen Lúcia, relatora da Ação Direta de Inconstitucionalidade 6.635/DF no Supremo Tribunal Federal.

A ADI requer a declaração de inconstitucionalidade a fim de impedir a possibilidade de privatização dos Correios, reafirmando o artigo 21 da Constituição e leis que vão no mesmo sentido.

Quanto ao artigo constitucional, a Ministra relatora pediu parecer ao Procurador Geral da República, que reafirmou o impedimento que ele coloca à privatização da ECT, por colocar como obrigação do Estado a prestação dos serviços postais, telegráficos e de correio aéreo.

O PL 591 é inconstitucional e continuaremos lutando para retirar esse projeto tão nocivo ao povo e trabalhadores dos Correios.

Compartilhe agora com seus amigos