Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

Alerta aos trabalhadores dos correios do Rio de Janeiro

Notícia publicada dia 18/07/2020

Tamanho Fonte:

Estamos num momento crucial, onde os trabalhadores terão participação extremamente fundamental e decisiva, a de eleger os seus representantes dos conselhos deliberativo e fiscal do POSTALIS.

E para enfrentar essa batalha na recuperação do dinheiro do BNY Mellon e manter fundo de pensão saudável, onde há tempos foi sendo destruído por políticas equivocadas e investigações devido à corrupção, o Sindicato vem pedir seu voto aos companheiros que têm comprometimento e respeito com os participantes.

A luta do SINTECT-RJ é reconhecida, em nível nacional, por sua organização e forte presença junto à categoria e na luta incansável pela recuperação do dinheiro do BNY Mellon e fiscalizador do Postalis.

Sendo assim, o Sindicato faz uma reflexão sobre o POSTALIS, onde temos atualmente, um pequeno grupo criticando os candidatos apoiados pelo SINTECT-RJ, e até pouco tempo atrás eram os mesmos que eram parceiros na política de traição e destruição do fundo de pensão dos trabalhadores dos Correios.

Vocês se lembram desse grupo?

É o mesmo grupo que esteve presente nos conselhos e direção do Postalis na época do Alexej (Russo), e que apoiou e participou da gestão do Antônio Conquista, que foi presidente do Postalis até 2015. E hoje responde por supostos crimes contra o sistema financeiro que provocaram um rombo de R$ 98 milhões no fundo de pensão dos Correios.

É o mesmo grupo que na época não fez nada, o que levou a perdas de mais de oito bilhões de reais e levou ao impacto negativo no fundo em decorrência as fraudes praticadas pelo Banco BNY MELLON.

É o mesmo grupo do Adeilson Ribeiro Telles, preso por suspeita de fraudes e desvios de recursos financeiros no Postalis.

Foi este mesmo grupo que ajudou o ex-presidente dos Correios Wagner Pinheiro a destruir o nosso plano de saúde, criando a Postal Saúde. Hoje, sentimos no contracheque o que esse grupo ajudou a fazer com os trabalhadores.

São os mesmo que apoiaram a gestão de Omar Assis em 2015, na DR do Rio de janeiro, que foi demitido por justa causa por desvio de recursos financeiros no Plano Correios Saúde.

Este mesmo grupo faz campanha para uma chapa 174 nesta eleição do Postalis e sempre foram parceiros dessa turma de assaltantes de fundo de pensão.

Que moral que eles têm? Já não basta o mal que fizeram? Querem fazer mais? Trabalhadores não querem vocês de volta.

Os trabalhadores e participantes sabem bem que esse grupo causou prejuízo para a categoria dos Correios.

A atual Direção do SINTECT-RJ sempre estará junto com os trabalhadores e trabalhadoras dos Correios do Rio de Janeiro, e em todas as lutas na defesa dos direitos, empregos e na recuperação do fundo de pensão (Postalis).

NÃO DEIXE ESSE GRUPO DE ASSALTANTES DE FUNDO DE PENSÃO ENGANAR VOCÊ NOVAMENTE.

CLIQUE AQUI E VOTE NAS CHAPAS APOIADAS PELO SINTECT/RJ

Direção do SINTECT/RJ

Compartilhe agora com seus amigos