Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

Assembleia aprova prestação de contas 2020

Notícia publicada dia 26/11/2021 09:42

Tamanho Fonte:

A prestação de contas é responsabilidade de toda gestão Sindical, inclusive legalmente. No entanto, a diretoria do SINTECT-RJ aprovou suas contas, diante de um cenário tão adverso, de perseguição às entidades sindicais. “Não é apenas ser íntegro com os recursos, isso é uma obrigação. Nós conseguimos coletivamente, administrar os recursos para que o Sindicato não fechasse as portas, como grande parte das entidades sindicais no país, depois do fim da obrigatoriedade das contribuições sindicais e negociais,” destacou o secretário de economia e finanças, Sebastião Brazil. 

Não é por menos, mesmo diante da crise política e econômica que atravessa o país, o Sindicato reformou sua sede, um desejo antigo da diretoria, fortaleceu o departamento jurídico e a imprensa sindical. “Levamos muitos anos para conseguir garantir um espaço confortável, para que o trabalhador associado possa ser recebido com conforto e dignidade. Nossa sede hoje é um orgulho para a categoria,” destaca Brazil. 

A Assembleia foi realizada de forma virtual na noite de ontem (25), no entanto, a mesa para condução dos trabalhos foi presencial na sede do sindicato, composta pelos membros do Conselho Fiscal, Ronaldo Leite, Shirley Queiroz e Douglas Pinto presencialmente, e de forma virtual Esmeralci Silva e Edimar da Silva. Participaram também da mesa presencial o presidente do SINTECT-RJ, Marcos Sant’aguida, o secretário de economia e finanças, Sebastião Brazil e o contador da entidade, Luis Carlos Afonso.  

As contas foram analisadas previamente pelo Conselho Fiscal que apresentou um parecer. No documento, os conselheiros argumentam que não houve qualquer indício de vícios ou desvios na prestação de contas, dando parecer favorável para que a assembleia aprovasse as contas da entidade. Na votação realizada em urna virtual  96,5% dos participantes aprovaram seguindo o voto do Conselho Fiscal.

“Foi uma unanimidade que expressa a satisfação da categoria com a atuação do Sindicato. Nossa presença na base e a responsabilidade das nossas ações é a primeira parte da prestação de contas. No segundo ponto nosso Sindicato está firme, sem dívidas e com recursos para continuar a luta, num cenário em que Bolsonaro persegue as entidades sindicais. Estamos firmes e convictos que a luta dos trabalhadores dos Correios pode contar com sua entidade sindical forte e representativa,” finalizou o presidente Marcos Santaguida.  

Compartilhe agora com seus amigos