Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

Assembleia reprova proposta da ECT

Notícia publicada dia 08/10/2021 10:07

Tamanho Fonte:

Banco de horas não dá. Querer arrancar mais direitos dos trabalhadores é absurdo. Nesse sentido, os trabalhadores dos Correios do Rio de Janeiro, em assembleia, rejeitaram por ampla maioria a proposta enviada pela empresa, que mantinha o banco de horas e não avançava em nenhum direito que foi retirado anteriormente. A decisão tomada na assembleia também autorizou a Findect e o SINTECT-RJ a ajuizar dissídio econômico.

O repúdio à manobra da empresa e a tentativa desastrosa de enrolar os trabalhadores na justiça deram o tom da assembleia remota da categoria, ontem, 08/10. Em pauta os trabalhadores também exigiram veementemente o retorno das cláusulas que foram retiradas em 2020.

Mesmo com a categoria jogando toda sua força na luta contra a privatização, a campanha salarial segue forte. Todos já estão convencidos que para termos nossos direitos de volta e manter nossa empresa estatal é preciso o impeachment de Bolsonaro.

Fica ligado, a próxima audiência para julgamento do dissídio está marcada para 18 de outubro.

Legenda Os trabalhadores dos Correios do Rio de Janeiro, em assembleia, rejeitaram por ampla maioria a proposta enviada pela empresa, que mantinha o banco de horas e não avançava em nenhum direito que foi retirado anteriormente. A decisão tomada na assembleia também autorizou a Findect e o SINTECT-RJ a ajuizar dissídio econômico. Fica ligado, a próxima audiência para julgamento do dissídio está marcada para o 18 de outubro.

Compartilhe agora com seus amigos