Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

Empresa terá de recolher a mensalidade sindical no holerite

Notícia publicada dia 14/05/2019

Tamanho Fonte:

No mês de abril a direção da ECT descumpriu decisão judicial e não recolheu a mensalidade dos sócios do Sindicato, e por isso em maio terá que debitar 2 mensalidades.

A Medida Provisória (MP) 873, editada pelo governo Bolsonaro, teve o único e claro intuito de calar, ameaçar e pressionar os Sindicatos na luta contra a reforma da Previdência. Essa MP revoga a lei que garante o recolhimento em folha das mensalidades dos sócios e impõe que sejam feitas através de boleto bancário, atentando violentamente contra o direito de organização sindical dos trabalhadores brasileiros. A direção dos Correios não tardou a entrar no embalo do governo. Decidiu aplicar a MP e avisou os sindicatos e federações na última hora. É clara sua intenção de fragilizar a categoria e seus Sindicatos no momento em que a ameaça de privatização torna-se concreta e que a campanha salarial se avizinha.

Os Departamentos Jurídicos da FINDECT e do SINTECT-RJ derrubaram a absurda decisão na justiça, que concedeu liminar garantindo o recolhimento e o repasse. Mas a ECT não cumpriu, alegando que a folha já estava fechada. Por isso os trabalhadores associados ao Sindicato terão, no próximo holetite, o débito da mensalidade de abril, que a empresa deixou de recolher, e de maio.

A Diretoria do Sindicato conta com a compreensão e apoio de todos os trabalhadores e chama os que ainda não são sócios a se filiarem. O Sindicato é o principal instrumento de resistência e luta do trabalhador. Por isso o governo e a direção da empresa querem destruí-lo.

Filiar-se ao Sindicato e fortalecê-lo é um ato de legítima defesa! Se opor à MP 873/19, ampliar a sindicalização, fortalecer e garantir a sobrevivência do Sindicato é uma necessidade urgente de todos os trabalhadores!

Compartilhe agora com seus amigos