Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

SINTECT-RJ luta na justiça para que ambulatório não feche

Notícia publicada dia 01/07/2022 18:30

Tamanho Fonte:

O Sindicato faz tudo para garantir a manutenção do ambulatório médico do edifício sede. Dessa vez o departamento jurídico do Sindicato ingressou com uma ação na justiça para impedir o fechamento da unidade de saúde que atende os trabalhadores da unidade. A ação judicial se soma às mobilizações, aos atos na frente do prédio-sede e ao abaixo assinado que o sindicato tem passado nas unidades. 

Segundo o secretário de assuntos jurídicos do Sindicato, Fagner Lopes, o ambulatório é uma necessidade dos trabalhadores da unidade é preciso usar todas as nossas armas disponíveis para enfrentar esse absurdo do gestão da empresa. “A categoria precisa se mobilizar e passar o abaixo assinado nas unidades e denunciar onde for preciso que os representantes do Governo Bolsonaro nos Correios estão fazendo com os trabalhadores e a população. Não ao fechamento do ambulatório, destaca o diretor. 

Cristiano Galvão (Padre), diretor de saúde do trabalhador do Sindicato destaca que o fechamento do ambulatório pode ser considerado uma tragédia na empresa, uma vez que o prédio sede é quem abriga os trabalhadores que mudaram de função por conta de doenças funcionais. “O ambulatório é uma obrigação para empresas do porte dos Correios, os trabalhadores precisam de fazer exames periódicos, além de serem acompanhados nas centenas de casos de doenças ocupacionais na empresa. Sem o ambulatório, a saúde do trabalhador dos Correios ficará completamente desamparada”, sentencia Padre. 

O Sindicato ajuizou a ação e aguarda julgamento. Enquanto isso, os diretores estão indo nas unidades colher assinaturas para o abaixo assinado exigindo a manutenção do ambulatório do prédio-sede. Você também pode ajudar, pegue o abaixo assinado no site do Sindicato e colha as assinaturas dos seus companheiros de unidade. 

Clique AQUI e baixe o abaixo-assinado 

Compartilhe agora com seus amigos