Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

Proposta do TST que prevê cobrança de mensalidade no Postal Saúde será avaliada pela categoria

Tamanho Fonte:

Após o anúncio da proposta feito pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), divulgada no dia 13/10, que prevê a cobrança de mensalidade no plano de saúde de 1, 78% e 3,78%, de acordo com a remuneração, os representantes dos trabalhadores que compõem a comissão solicitam maiores informações da proposição feita pelo ministro Emmanuel Pereira, visto que a o texto não foi construído com a comissão dos trabalhadores.

Por isso, será feita uma análise minuciosa da proposta na íntegra para que a categoria decida em assembleias por todo o país.

Além da mensalidade, está prevista a coparticipação em procedimentos, consultas e exames. A parte que seria custeada pela ECT não ficou esclarecida para a comissão. Diretor do SINTECT-RJ e membro da comissão, André Gasperoni, explica a situação.

“Nós precisamos entender todos os pontos dessa proposta. Não temos elementos completos, não sabemos como vão ficar pais e mães, não sabemos sobre quais valores serão descontados e nem a margem de negociação da empresa e TST, entre outros pontos importantes. Precisamos esclarecer tudo isso e analisar junto ao nosso jurídico”, detalhou.

Segundo o diretor, é necessário que haja um cronograma para a avaliação da proposta. “Precisamos reunir a comissão com a FINDECT, com TST e a empresa, para que possamos esmiuçar a proposta e levar para validação das bases”.

André Gasperoni informou ainda que, um calendário oficial será proposto para organizar todo o processo junto aos trabalhadores, sindicatos e federações, de forma que “possamos garantir os direitos, resguardando os trâmites democráticos e legais”, ressaltou o diretor.

Clique aqui e acesse o Despacho do TST

Notícia publicada dia 17/10/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *