Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

SINTECT/RJ reúne atendentes e define greve contra o fechamento de agências

Notícia publicada dia 24/05/2019

Tamanho Fonte:

Trabalhadores de agências participaram de reunião convocada pelo SINTECT-RJ para debater ações contra o fechamento de unidades que o governo federal está impondo. Os Atendentes debateram com o sindicato e definiram greve para o dia 05/06.

A Diretoria do SINTECT/RJ, realizou nesta quinta-feira, dia 23 de maio de 2019, reunião com os atendentes comerciais das 30 agências que estão na lista de anuncio de fechamento conforme informado pelo governo federal e direção da ECT.

Com a presença de mais de 50 trabalhadores – atendentes comerciais, a reunião contou a participação da Advogada do sindicato, Dra. Camila, que esclareceu todas as dúvidas dos trabalhadores referentes aos desdobramentos e impactos do anuncio do governo do fechamento de 161 agencias em todo país, sendo 30 só no estado do Rio de Janeiro.

A propostas do governo federal é intensificar o processo de precarização e privatização da ECT, impondo o fechando agencias lucrativas e sem adotar nenhum critério, prejudicando os trabalhadores e também a população. Uma clara demonstração de que o governo quer entregar a grande empresa como o Correios que presta um serviço social e de qualidade para a iniciativa privada, ocasionando em aumento de tarifas e redução da atuação em todo país, algo que no passado foi feito em outras empresas e hoje o povo paga caro pelas privatizações que foram realizadas.

O presidente do Sindicato, Ronaldo Martins, foi incisivo no debate em afirmar que a luta política, a unidade e resistência de todos os trabalhadores será o grande divisor de águas nessa atual conjuntura de ataques aos direitos conquistados através de muitos anos e luta.

“A participação da Advogada Dra. Camila foi fundamental em elucidar as dúvidas que surgiram e também dos encaminhamentos jurídicos que serão tomados pelo sindicato para evitar o fechamento de agencias no estado do Rio”, disse Ronaldo Martins.

A atividade na sede do sindicato, mostrou para os atendentes comerciais, que o sindicato está trabalhando e mobilizando os trabalhadores para travar essa batalha contra à privatização da ECT, e demonstraram reconhecimento aos esforços do sindicato em atender as demandas e os anseios dos atendentes num momento de grande ataque da ECT e Governo Bolsonaro aos direitos e emprego dos ecetistas.

O sindicato ressalta que a luta é fundamental pra derrotar as propostas de privatização da ECT, mas reconhece que essa luta não pode se restringir apenas aos trabalhadores das agências que serão fechadas, mas a todos e todas trabalhadores(as) dos Correios.

A mobilização é necessária!

A Diretoria do Sindicato deixou clara sua posição. Não vai aceitar nenhum tipo de redução de direitos e empregos da categoria. Por isso o SINTECT-RJ, representado pelo Presidente e Secretário-geral da FINDECT – Ronaldo Martins -, já se posicionou contra a fechamento das agências imposta pela ECT.

Ao termino da reunião foi deliberado uma agenda de lutas contra o fechamento de agências, com a realização de assembleia no dia 04/06 para deflagração de greve no dia 05/06 em todas as agências do RJ.

Compartilhe agora com seus amigos