Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro

Siga nas redes:

Filiado a FINDECT Filiado a CTB

Vitória de peso na campanha salarial 2021

Notícia publicada dia 23/11/2021 16:04

Tamanho Fonte:

Nossa principal vitória no julgamento do Tribunal Superior do Trabalho (TST) na tarde de ontem (11) foi colocar um ponto final na escalada de retirada de direitos promovida por Bolsonaro, Paulo Guedes e seus militares da direção dos Correios. Ontem, no julgamento do TST, a categoria ecetista saiu vitoriosa diante de mais uma nova tentativa da empresa de impor mais derrotas ao trabalhador. 

Não perder nada e ainda reconquistar direitos é glorioso. Porque o cenário nacional para os trabalhadores está horrível, por conta da saga de Bolsonaro de retirar o máximo possível de direitos de quem trabalha. É como virar o jogo na casa do adversário. Barramos o banco de horas e o reajuste zero, conseguimos 9,75% e ainda recuperamos o adicional de 15% do sábado. Para quem diz que isso é pouco, é bom parar com isso! Foi vitória maiúscula, na luta e suada!

“A derrota da diretoria militar de Bolsonaro nos Correios, na sua nefasta política de retirar direitos dos trabalhadores é de grande importância para os trabalhadores de todas as categorias. Todos nós estamos sofrendo com os absurdos cometidos por Bolsonaro e Paulo Guedes contra os trabalhadores e os Correios. O Sindicato esteve firme e nosso departamento jurídico atuou de forma decisiva nessa conquista. Por isso, esse é um momento para se comemorar, mas a luta continua contra a privatização dos Correios, por contratações por concurso e, também, por melhores condições de trabalho,” destacou o presidente do SINTECT-RJ, Marcos Sant’aguida, depois do julgamento do TST. 

Resgate do direito de resistir

Outra grande vitória foi o direito dos dirigentes sindicais terem acesso às dependências da empresa para dialogar com os trabalhadores. A proibição representava uma mordaça no movimento Sindical dos Correios. Além disso, garantimos a realização de eleições da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA. Uma grande vitória para a organização dos trabalhadores. 

Durante esse ano o Sindicato esteve presente junto com a categoria, mas a proibição de entrar na unidade dificultou o relacionamento com os trabalhadores.  Mesmo assim, a categoria fez bonito na luta contra a privatização e também na campanha salarial. Os trabalhadores dos Correios mandaram o recado para os patrões: os ecetistas estão unidos e mobilizados. 

Veja as nossas principais conquistas na Campanha Salarial 2021

 Veja as derrotas que nós impusemos à direção de Bolsonaro nos Correios

Ao longo da semana, vamos produzir conteúdos explicando cada vitória por você ficar por dentro de tudo que acontece no nosso.

Compartilhe agora com seus amigos